top of page

Nasoni Ensemble is a Lisbon based Portuguese early music ensemble specializing in

17th and 18th century baroque repertoire. The core ensemble is composed of baroque violin, violone, theorbo and baroque harp. The group is flexible in number depending on the repertoire and particular program.

 

Nasoni Ensemble delight in exploring the colours and timbres a varied basso continuo team offers, regularly combining forces with keyboard instruments such as harpsichord, spinettino, positive organ, and baroque guitar, lute, dulcian and sacbut. The group collaborates with singers, vocal ensembles and dancers offering rich and varied programs of both secular and religious nature.

 

Director and founder Tera Shimizu and her colleagues enjoy a close collaboration. The musicians relish the improvisatory aspect and joyful communication involved in chamber music making, incorporating the rhetorical language of the 17th and 18th century and presenting it for the audience of today, here and now, in their own personal, ever changing style.

Nasoni Ensemble made its debut in July 2021 in Lisbon, Portugal performing the Mystery
Sonatas of Heinrich Ignaz Biber in the Trotamundos Music Festival. Upcoming projects
include a concert series in 2023-24 throughout Portugal and Spain to promote the works of the
Portuguese composer Pedro Lopes Nogueira (1686-c.1770) culminating in a recording of the
complete sonatas for violin and basso continuo. Funding for this project is made possible
through generous support from the Portuguese Ministry of Culture and DGArtes.

The ensemble’s name is in homage to the great Italian architect and painter Nicolau Nasoni
(1691 -1773) who created some of the most emblematic baroque structures in Portugal: Igreja
e Torre da Irmandade dos Clérigos, Igreja do Carmo (Porto), Solar de Mateus and many more.

.  .  .

O Nasoni Ensemble é um agrupamento português de música antiga, com base em Lisboa, especializado no repertório barroco dos séculos XVII e XVIII. O núcleo do ensemble é
composto por violino barroco, violone, teorba e harpa barroca, sendo o número de executantes flexível, em função do repertório e de cada programa em particular.

 

O Nasoni Ensemble explora com sensibilidade as possibilidades tímbricas e as diferentes cores sonoras da secção de basso continuo, adicionando instrumentos de tecla como cravo, spinettino e órgão positivo, bem como guitarra barroca, alaúde, baixão e sacabuxa. O grupo colabora com cantores, ensembles vocais e bailarinos, oferencendo uma estimulante variedade de programas de cariz secular ou religioso.

 

A directora e fundadora Tera Shimizu e os seus colegas colaboram intimamente.

Os músicos que compõem o Nasoni Ensemble partilham e apreciam o carácter improvisatório da música de câmara e a sua feliz intercomunicação, incorporando, em particular, a linguagem retórica dos séculos XVII e XVIII, apresentando-a ao público dos nossos dias, segundo o seu estilo pessoal em constante evolução.

O Nasoni Ensemble estreou-se em Julho de 2021 em Lisboa, com a apresentação das Sonatas
do Rosário, de Heinrich Ignaz Biber, no Festival Trotamundos.
Projectos futuros incluem uma série de concertos em 2023/24, por Portugal e Espanha, para promover e divulgar a obra do
compositor português Pedro Lopes Nogueira (1686-c.1770), que culminará na gravação da
integral de sonatas para violino e baixo contínuo do mesmo compositor. Este projecto artístico
é financiado pela DGArtes e Ministério da Cultura.

O nome do agrupamento é uma homenagem ao grande arquiteto e pintor Nicolau Nasoni (1691-1773), que criou algumas das mais emblemáticas estruturas barrocas em Portugal: Igreja e Torre da Irmandade dos Clérigos, Igreja do Carmo (Porto) e Solar de Mateus, entre muitas
outras.

© 2021 Nasoni Ensemble         All rights reserved

Follow Us On

  • Facebook
bottom of page